Tik-Tok, Huawei e WeChat

Por Larry Romanoff

Em primeiro lugar, vamos dissipar a noção de que a China espiona a todos e os EUA não espionam ninguém. Há tantas evidências públicas para destruir essas duas afirmações que não vou me preocupar em repeti-las aqui. No entanto, vou lembrar aos leitores que, há alguns anos, a China baniu em partes o Windows 8 do país porque foi descoberto que o sistema operacional tinha uma porta dos fundos da NSA embutida. [1] Parece que a Alemanha relatou isso primeiro, mas a prova devastadora foi em uma conferência de TI onde um executivo da Microsoft foi interrompido durante um discurso precisamente com essa acusação. [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] Ele não negou porque quem fez a acusação foi quem o descobriu e tinha consigo provas, mas recusou-se a discutir e mudou de assunto.

Isso não é novidade. Quarenta anos atrás, foi provado que todas as copiadoras Xerox entregues a embaixadas e consulados estrangeiros nos Estados Unidos estavam “prontas para espionagem”. [10] [11] Além disso, por pelo menos 20 anos, e talvez muito mais, era de conhecimento comum que quando quaisquer embaixadas, consulados, bancos e outras empresas estrangeiras encomendavam computadores e hardware semelhante de fornecedores dos EUA, essas remessas eram interceptadas pela UPS, entregues à CIA e / ou NSA para instalação de hardware e software “extra” antes da entrega a seus destinos. Esta foi uma das confirmações de Edward Snowden. [12] [13] [14] [15] Qualquer pesquisa sobre isso lhe dará milhões de resultados, a menos que o Google escolha ‘perder sua memória’.

Huawei

Os problemas de Trump com a Huawei são duplos. O mais óbvio é que a China está à frente da América quando se trata de inovação e invenção, Trump gostaria de desacelerar isso destruindo a Huawei e está claramente fazendo todos os esforços possíveis a esse respeito, incluindo intimidação e ameaçando metade do mundo conhecido contra o uso dos produtos Huawei. Mas esta é a pequena parte do problema; o verdadeiro problema é a espionagem. Não há valor prático em contestar a afirmação de que a Cisco e outras empresas americanas de hardware e software instalam backdoors em todos os seus equipamentos para a conveniência do acesso da CIA e da NSA. Mas, de repente, a Huawei está substituindo a Cisco e outras empresas americanas por seus equipamentos melhores e mais baratos.

Ate aí tudo bem, mas como a CIA e a NSA podem pedir à Huawei construir portas traseiras em seu equipamento para que os EUA possam espionar a China – entre todos os outros países? Não há solução para esse problema a não ser destruir a reputação da Huawei, acusando-a de ser uma ameaça de espionagem e banindo o equipamento da empresa. E isso se aplica não apenas aos EUA, mas a toda a Five Eyes Espionage Network, envolvendo os EUA, Canadá, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia. [16] Resumidamente, isso foi criado para violar leis enquanto fingia que nenhuma lei estava sendo quebrada. Em geral, é contra a lei um governo espionar seus próprios cidadãos, mas essa lei não se aplica a um governo estrangeiro. Portanto, o Canadá espiona os cidadãos australianos e envia as informações aos espiões australianos, que podem alegar que não fizeram nada de errado. A parte triste é que a “inteligência” recebida geralmente é de pouco interesse para os quatro participantes menores, mas toda ela é compartilhada com os EUA, que estão espumando para espionar o mundo inteiro e se apossar de “todas as comunicações”. Assim, não é suficiente banir a Huawei apenas dos Estados Unidos porque o equipamento desta empresa castraria o esforço da NSA nas outras quatro nações. Assim, o bullying dos EUA para garantir que cada um de seus cinco olhos esteja livre da Huawei. E essa é toda a história, goste ou não.

Tik-Tok

Tik-Tok não é nada importante, exceto que está em competição direta com plataformas americanas semelhantes e provou ser muito popular e competitivo para sobreviver. Este é apenas um tiro barato, no entanto, como acontece com todos os produtos e plataformas de TI semelhantes, ele contém muitas informações pessoais especialmente úteis para marketing, que até agora eram propriedade privada de pessoas como Google, Facebook e Twitter. Assim, Trump mata dois coelhos com uma cajadada só: ou simplesmente mate Tik-Tok por causa de alguma acusação forjada (se você me permite a expressão) de espionagem ou force uma venda para uma empresa americana. De qualquer forma, a China perde enormemente enquanto a opressão política e o valor de marketing dessas informações pessoais permanecem com segurança em mãos americanas de confiança.

WeChat

Como poucos americanos estão familiarizados com o WeChat, deixe-me dar uma descrição. Muitas dessas funções estão disponíveis no Ocidente por meio de várias plataformas, mas nem sempre na mesma extensão ou com a mesma comodidade.

Com o WeChat, podemos transmitir mensagens de texto e voz, fotos e vídeos e outros arquivos de qualquer descrição, mesmo com muitos Mb de tamanho. Podemos enviar e receber mensagens de texto e voz em qualquer idioma porque o WeChat tem uma excelente função de tradução em combinação com um de seus parceiros que traduz não apenas texto e voz, mas extrairá e traduzirá todo o texto contido em fotos, útil para menus de restaurantes se você não consegue ler chinês. Podemos fazer não apenas chamadas de voz, mas também chamadas de vídeo para qualquer pessoa em qualquer lugar que transmita pela Internet. É tão conveniente que o WeChat seja a opção de comunicação padrão para muitas pessoas na maioria dos propósitos. O WeChat também tem uma plataforma Moments onde podemos postar textos, fotos, vídeos, que são visíveis para quem está em nossa lista de contatos, enquanto selecionamos quem pode ver e quem não pode, reservando alguns posts para amigos próximos e outros mais públicos.

Na China, temos dois sistemas principais de pagamento online, um operado pela Alibaba (chamado Alipay) e o outro pelo WeChat. Seu uso é quase universal na China e ambos são gratuitos para o usuário. Durante os últimos anos, não consigo me lembrar de uma única vez em que tenha dinheiro no bolso (mesmo um pequeno troco) quando fui a qualquer lugar ou estava comprando alguma coisa. Mesmo para comprar um pequeno cacho de cebolas verdes em um mercado de rua, o vendedor tem um QR Code que meu telefone digitaliza e o pagamento em sua conta bancária é automático.

Com o WeChat, podemos enviar dinheiro uns aos outros. Se quisermos dividir o custo do almoço, você pode pagar a conta inteira e eu transferirei minha parte para você por meio do WeChat. Se algum dia eu precisar de dinheiro, posso ir a qualquer loja ou até mesmo abordar um completo estranho e pedir 1.000 RMB e reembolsá-lo instantaneamente em sua conta do WeChat. É freqüentemente usado para transferir dinheiro internacionalmente desta forma, enviando dólares para um amigo em um país e recebendo RMB em uma conta do WeChat na China. Instantâneo, seguro e gratuito. Tudo acontece em um segundo, com uma confirmação de mensagem de texto simultânea do banco de ambos os lados da transação. WeChat é o principal motivo pelo qual as pessoas podem viajar para qualquer lugar na China com apenas um telefone celular e passaporte (e uma muda de roupa). Por meio do WeChat, as pessoas podem comprar passagens de avião ou trem, pagar tarifas de táxi e contas de hotel, contas de restaurante, da mesma forma.

Outra função WeChat útil é o compartilhamento de localização GPS em tempo real. Se um grupo estiver viajando para um destino em vários carros, o WeChat exibe um mapa GPS ativo mostrando todos os locais em espaço e tempo real. Se estou me encontrando com um amigo em um shopping ou parque ou outro local grande, com esta função GPS podemos ver a localização uns dos outros em tempo real e eu sei que caminho seguir para encontrar meu amigo.

Temos grupos WeChat que podemos criar com qualquer número de participantes para qualquer propósito conveniente. Durante o bloqueio do COVID-19 em Xangai, tínhamos um grupo WeChat temporário para a compra de carne e vegetais que funcionava melhor do que qualquer supermercado e com muito menos problemas. Se eu quiser fazer uma festa de Natal, formo um grupo das pessoas que pretendo convidar, e todas as nossas discussões e planejamentos acontecem dentro dessa plataforma. A maioria das comunidades (pequenas porções de distritos residenciais) tem um grupo WeChat para notificação de eventos da comunidade e compartilhamento de informações importantes.

O ponto com a “sanção” de Trump ao WeChat é primeiro que ele interromperá definitivamente as comunicações internacionais entre a China e os EUA para estudantes, cientistas, diplomatas, repórteres da mídia, para todos aqueles nos EUA que têm comunicações frequentes com a China, efeitos sentidos mais seriamente por aqueles na China, o que é uma vantagem para Trump. Em segundo lugar, a administração de Trump está desconfortável com a extensão em que o WeChat está invadindo o território americano do Twitter, Facebook, WhatsApp, Instagram e mais, com já cerca de 100 milhões de downloads nos Estados Unidos, e suas ações são parcialmente para recuperar esse território simplesmente banindo um meio concorrente que ameaça assumir e rebaixar seriamente a popularidade de plataformas americanas semelhantes.

Mas o mais importante é o papel de espionagem e censura da iniciativa de Trump. À medida que a censura se fecha em torno do Facebook e do Twitter, os americanos estão naturalmente mudando para o WeChat. A verdadeira questão não é que o WeChat represente algum perigo para os EUA em qualquer sentido, mas, como acontece com a Huawei, a CIA e a NSA não podem abordar o WeChat e solicitar o compartilhamento automático de todos os dados de relacionamento pessoal. Portanto, sob o pretexto de que a China não é confiável, o governo dos EUA simplesmente proíbe o WeChat e, portanto, ninguém nos EUA pode enviar ou receber qualquer mensagem sem que a NSA tenha uma cópia. Uma grande vantagem é que qualquer notícia que não se enquadre na narrativa oficial será estrangulada no nascimento, como Google, Facebook e Twitter estão fazendo agora. Se a Microsoft ou outra empresa americana comprasse o WeChat, então é claro que tudo estaria bem, pois são as empresas americanas, não chinesas, que compartilham automaticamente todos os dados de contato pessoal com seu governo.

[1] https://www.cnet.com/news/china-bans-windows-8-from-government-computers/

[2] https://www.rt.com/news/windows-8-nsa-germany-862/

[3] https://www.technobuffalo.com/nsa-windows-8-exploit

[4] https://wccftech.com/windows-nsa-backdoor-shadow-brokers/

[5] https://www.pcworld.com/article/2047332/is-windows-8-a-trojan-horse-for-the-nsa-the-german-government-thinks-so.html

[6] http://techrights.org/2013/06/15/nsa-and-microsoft/

[7] https://www.forbes.com/sites/daveywinder/2019/11/12/windows-10-security-alert-hidden-backdoor-found-by-kaspersky-researchers/

[8] https://www.neowin.net/forum/topic/1160914-how-nsa-access-was-built-into-windows/

[9] http://techrights.org/2013/06/15/nsa-and-microsoft/

[10] http://electricalstrategies.com/about/in-the-news/spies-in-the-xerox-machine/

[11] https://www.unz.com/lromanoff/state-sponsored-commercial-espionage-the-global-theft-of-ideas/

[12] https://www.extremetech.com/computing/173721-the-nsa-regularly-intercepts-laptop-shipments-to-implant-malware-report-says

[13] https://www.cbsnews.com/news/report-nsa-intercepts-computer-deliveries/

[14] https://www.computerworld.com/article/2487222/the-nsa-intercepts-computer-deliveries-to-plant-spyware.html

[15] https://www.infoworld.com/article/2608141/snowden–the-nsa-planted-backdoors-in-cisco-products.html

[16] https://americanfreepress.net/five-eyes-network-sees-all/


Larry Romanoff é consultor de administração e empresário aposentado. Ocupou cargos executivos de responsabilidade em empresas de consultoria internacionais e possuía um negócio internacional de importação e exportação. É Professor visitante da Universidade Fudan de Xangai, apresentando estudos de casos de assuntos internacionais para as classes adiantadas de MBA. Romanoff reside em Xangai e está, atualmente, escrevendo uma série de dez livros, sobre as relações da China com o Ocidente. Pode ser contactado por email: 2186604556@qq.com


Tradução: Ninhursag137
Fonte: https://www.unz.com/lromanoff/huawei-tik-tok-and-wechat/

Leave a Reply