Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II disse querer ser “vírus letal”

O marido de Elizabeth II profetizou o que seria uma de suas “piadas” macabras. As peculiares gafes sempre foram uma característica do especial sentido de humor de Philip de Edimburgo, que completou 99 anos em 10 de junho de 2020.

Uma dessas gafes foi proferida há pouco mais de 30 anos e provocou um choque na época. Hoje parece ainda mais perturbadora, numa altura em que o mundo está de quarentena por causa da COVID-19.

“Se eu tivesse de reencarnar, gostaria de ser um vírus letal para eliminar a superpopulação. O aumento da população humana é a ameaça mais séria para o planeta.”

Disse o pai de Príncipe Charles durante uma conferência de imprensa para a agência de notícias alemã Deutsche Press Agentur, em 1988. Na época, a frase foi registada como uma das suas piadas, mas hoje ressoa como algo macabro e profético.

A fama de falastrão renderam até um livro, Prince Philip: Wise Words and Golden Gaffes, que reúne as frases mais polêmicas do duque e tornou-se best seller no Reino Unido. Seus autores são Phil Dampier, jornalista especializado na monarquia e Ashley Walton, ex-correspondente real para o Daily Express.


Fonte: sabado.pt / royalcentral.co.uk / elpais.com

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *