Stanley Kubrick estava nos contando algo em seu último filme ‘De Olhos Bem Fechados’?

O último filme de Stanley Kubrick antes de sua morte prematura, Eyes Wide Shut (bra/prt: De Olhos Bem Fechados), estrelado por Tom Cruise e Nicole Kidman foi visto como um quebra-cabeça para muitos. Este filme estava carregado de simbolismo oculto e apresentava uma elaborada festa de máscaras envolvendo orgias e sacrifícios. Kubrick morreu de um aparente ataque cardíaco poucos dias após a exibição de seu filme no estúdio. Isso foi simplesmente uma coincidência? Depois de assistir ao filme e ao pequeno documentário abaixo, você poderá decidir por si mesmo.

Kubrick era visto por muitos como um dos maiores cineastas do nosso tempo, seus filmes eram frequentemente vistos como obras-primas e obras de arte. Talvez mais conhecido por seus filmes ‘2001: Uma Odisséia no Espaço’ e ‘O Iluminado’, Kubrick não teve medo de ultrapassar os limites e muitas vezes foi a lugares que nenhum outro cineasta ousaria antes dele.

Qualquer fã de Kubrick provavelmente conhece as mensagens ocultas e o simbolismo que sempre foi incorporado em seus filmes. Alguns descartam ser uma mera conspiração, aqueles que decidem se aprofundar no significado oculto por trás desses símbolos, acham fácil ver que Stanley estava tentando nos dizer algo.

De Olhos Bem Fechados

Este foi o último filme de Kubrick, e para aqueles que estão cientes do que realmente está acontecendo nos bastidores em relação às sociedades de elite que governam nosso mundo, é fácil entender por quê. Eyes Wide Shut foi realmente filmado em uma mansão Rothschild e os eventos que aconteceram neste filme são estranhamente semelhantes a uma festa de máscaras real, que aconteceu nos anos 70. É preciso apenas um pouco de pesquisa para ver que esses grupos de elite costumam ter relação com alguma forma de rituais satânicos. Na festa dos Rothschilds, há fotos de como o local era decorado, com peças de bonecas e sangue por toda parte, no menu, opções com nomes descrevendo carne humana.

O que Kubrick sabia?

Parece que Kubrick sabia demais e tentou expor o que realmente estava acontecendo a portas fechadas. Ele foi convidado para uma dessas festas e teve um relato em primeira mão do que estava acontecendo? Talvez alguém tenha confidenciado a ele sobre os eventos que foram testemunhados. Nunca seremos capazes de saber com certeza, mas é claro que em seu último filme Kubrick estava tentando nos dizer algo. Se você viu o filme, pode ter terminado sentindo-se confuso e talvez com a sensação de que algo importante ficou faltando. Houve vários rumores de que 20 minutos inteiros do filme foram cortados depois que Kubrick o apresentou ao estúdio. Esta filmagem está faltando e inatingível, e o que é ainda mais duvidoso, é a morte de Kubrick poucos dias depois que o filme foi exibido. A causa oficial da morte foi um ataque cardíaco, porém, muitos acreditam que sua morte só pareceu um ataque cardíaco e que havia algo mais sinistro em jogo. Se Kubrick foi assassinado por revelar muito, isso pode ter sido usado como um ‘cala-a-boca’ para outras pessoas que cogitem fazer o mesmo.

O curto documentário de 20 minutos abaixo, ‘The REAL Eyes Wide Shut’, aborda essa teoria mais profundamente e aponta alguns dos simbolismos flagrantes usados ​​no último filme de Kubrick.

Depois de assistir a este documentário, o que você achou? Kubrick estava tentando nos dizer algo? Ele foi de fato assassinado? Deixe seu comentário.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *